Escola Secundária Braamcamp Freire

O LCV é um espaço para ti. Frequenta-o!

Pesquisar este blog

Estrela de Natal

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Uma das tradições do Natal é a Estrela de Belém. Segundo o Evangelho de Mateus, uma estrela levou os Reis Magos, Belchior, Baltazar e Gaspar, até Belém, o local onde estavam Jesus, Maria e José, onde prestaram homenagem ao recém-nascido e deram-lhe presentes.

Muitos cristãos acreditam que a estrela foi um sinal milagroso que marcou o nascimento do Jesus.
Ao longo dos anos muitos tentaram explicar o que seria essa estrela. Os fenómenos astronómicos mais considerados são uma conjunção de Júpiter e Saturno, um Cometa ou uma Supernova.
Os magos na viagem para Belém contaram a Herodes (ca. 73 a.C. - 4 a.C. ou 1 a.C.), rei de Israel, que viram a estrela "no oriente em ascenção".
Em 1614, o astrónomo alemão Johannes Kepler determinou que uma série de três conjunções dos planetas Júpiter e Saturno teria ocorrido no ano 7 a.C. No entanto, cálculos modernos mostram que havia uma distância de quase 1 grau entre os planetas, o que tornaria essas conjunções pouco expressivas.
Outros sugerem que a estrela seria um cometa. O conhecido cometa Halley, que se aproxima da Terra a cada 76 anos, esteve visível em 12 a.C. e outro cometa terá sido observado por chineses e coreanos por volta de 5 a.C., tendo sido observado por mais de 60 dias mas sem nenhum relato de movimento.
Recentemente o Papa Bento XVI, referiu que a Estrela de Belém seria uma supernova. Essa supernova teria explodido perto da galáxia de Andrómeda. Embora supernovas tenham de facto sido detectadas, é extremamente difícil detectar os restos de uma supernova noutras galáxias e, muito mais, determinar uma data de quando teriam ocorrido. As supernovas são corpos celestes surgidos após as explosões de estrelas com mais de 10 massas solares, que produzem objectos extremamente brilhantes, os quais declinam até se tornarem invisíveis, passadas algumas semanas ou meses.

Fonte: Wikipedia.
Foto retirada daqui.

Publicado por Armando Vivas

O Curiosity vai trepar uma montanha em Marte com 7 km de altitude!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O futuro do Curiosity: mapeamento montanhoso

Rover da NASA completa primeira análise de solo marciano!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Rover da NASA completa primeira análise de solo marciano

 
Theme by New wp themes | Bloggerized by Dhampire